Nacional

Rodolfo Reis ameaça: “Se fosse jogador agarrava Soares Dias no papo”

Rodolfo Reis, comentador afeto ao FC Porto na CMTV

Rodolfo Reis não calou a sua revolta perante a arbitragem do SC BragaFC Porto de ontem (2-2). O comentador afeto ao FC Porto estava visivelmente indignado.

Apetece-me dar cabo disto tudo, mesmo, apetece-me dar cabo disto tudo. Vou contar até 10. Vou contra tudo e contra todos. Se me contrariarem vou com tudo e não tenho problema nenhum“, afirmou.

Veja também: O bate-boca aceso entre Conceição e Soares Dias no SC Braga-FC Porto (VÍDEO)

O ex-jogador considera que não havia razão para mostrar o segundo amarelo a Jesús Corona e não tem dúvidas de que esse momento foi definidor do desfecho da partida.

Há dois jogadores que deslizam e batem um no outro. Porquê o vermelho [levou amarelo, que foi o segundo no caso] ao Corona? O vermelho dá-se numa situação grave. É o segundo amarelo [a Corona] mas ele sabe que ao dar o segundo amarelo dá o vermelho. Ele não é maluco, o Soares Dias. Ele é um grande palerma e devia ser preso. O Artur Soares Dias e muitos árbitros deveriam ser presos. Ele decidiu quase o título neste jogo ao dar o segundo amarelo ao Corona“, considerou.

Veja também: Ronaldo e Georgina ajudam menino de 7 anos com cancro agressivo

Rodolfo Reis diz mesmo que se estivesse numa situação semelhante que teria de se conter para não se exceder perante o árbitro.

Se eu fosse jogador de futebol, eu agarrava-lhe no papo. Tinha de contar até 100 para não lhe agarrar no papo e dizer-lhe que era um bandido“, atirou.

O antigo capitão azul e branco pronunciou-se também sobre a tese defendida pela comunicação do FC Porto, que denunciou aquilo que entende ser uma caça a Corona.

“Não quero saber da comunicação do FC Porto. O que está a acontecer ao Corona merece estudo. Quem diz ao Corona diz outros jogadores de grande técnica. Nem sei como é que o Corona não está no hospital“, referiu ao mesmo tempo que defendeu que a expulsão do mexicano deixou a equipa limitada.

“Obrigou o FC Porto a recuar com 10. Esta equipa do FC Porto não é uma equipa preparada para em situações adversas dar o cheiro de bola. É equipa de futebol direto. O árbitro foi, para mim, o grande causador do FC Porto perder dois pontos. Quando a mim, quase que decidiu o campeonato“, acrescentou.

Veja também: “Show de Ronaldo” frente à AS Roma deixa italianos rendidos

Rodolfo Reis chamou ainda responsabilidades a Pinto da Costa, apelando para que o presidente dos dragões venha a público intervir.

O FC Porto e Pinto da Costa têm de tomar uma posição radical em relação às arbitragens. Se tivermos de voltar ao tempo de Pedroto em que nos penhoravam as casas de banho, temos que fazer isto. O FC Porto está a ser altamente prejudicado nas arbitragens e isso não pode acontecer”, disse.

Veja também: Paulo Fonseca resignado: “É por isto que Ronaldo é o melhor do Mundo”

Por último o comentador sugeriu que os azuis e brancos recorressem à despenalização de Corona, lembrando o caso de João Palhinha, que acabou por alinhar pelo Sporting no derbi com o Benfica, depois de ter viso o 5º amarelo na partida dos leões diante do Boavista.

Todos os clubes devem pedir a despenalização dos jogadores e fazer o que o Sporting fez. É a bagunça, vamos para a frente“, concluiu.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!