NacionalVídeos

Portugal vence Qatar em estreia de sonho para Otávio (VÍDEO)

Otávio e André Silva festejam golo por Portugal ao Qatar

Portugal venceu o Qatar por 1-3, em jogo de carater particular, que Fernando Santos aproveitou para testar vários jogadores, entre eles o estreante Otávio. Recorde-se que Cristiano Ronaldo não foi opção, uma vez que foi dispensado, após ter sido castigado por ter atingido o limite de amarelos.

Veja também: Georgina arrasada pelos ingleses: “Ridícula com tanta plástica” (FOTOS)

A equipa das quinas alinhou com Anthony Lopes; Nélson Semedo, Domingos Duarte, Danilo, Nuno Mendes; Rúben Neves, João Moutinho, João Mário; Otávio, Gonçalo Guedes, André Silva.

Já a equipa qatari apostou em Barsham; Bassam Alrawi, Boualem Khoukhi, Abdelkarim Hassan; Pedro Ró-Ró, Abdullah Alahrak, Karim Boudiaf, Abdelaziz Hatim, Homam Elamin; Ali Almoez, Akra Afif.

Veja também: Birra de Jorge Jesus resulta na dispensa de jovem da formação

André Silva abriu o ativo aos 23 minutos. Grande cruzamento de João Mário, que volta a contribuir com uma assistência. André Silva surge nas costas de um defesa e cabeceia perto do segundo poste, para inaugurar o marcador.

Veja também: Ronaldo agradece gesto de humildade de Cavani: “Um grande obrigado”

Aos 25 minutos Otávio fez o segundo golo. Gonçalo Guedes recebe de João Mário após uma recuperação de bola no meio-campo contrário, cruza do lado esquerdo e Otávio aparece de rompante, para marcar de cabeça na sua primeira internacionalização por Portugal.

Veja também: Italianos atacam Ronaldo após fazer história no Portugal-Irlanda (VÍDEO)

Aos 43 minutos o Qatar ficou reduzido a dez unidades, após a expulsão de Meshaal Barsham. Árbitro viu as imagens e considera que há derrube do guardião sobre Guedes. Houve um contacto com o pé direito de Guedes, na meia-lua, aquando do drible do português.

Mesmo reduzido a 10 unidades, Abdelkarim Hassan reduz para 1-2 aos 61 minutos. Canto do lado direito e Hassan cabeceia à vontade junto à marca de penálti, batendo Anthony Lopes.

Veja também: Dívida milionária coloca FC Porto na lista negra do Novo Banco

Aos 87 minutos Bruno Fernandes fez o 1-3 através da conversão de uma grande penalidade, a castigar uma falta de Salman sobre Diogo Jota.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!