Nacional

Portugal entre as cinco melhores seleções do mundo – Ranking FIFA

Cristiano Ronaldo, Bernardo Silva e Nélson Semedo no Portugal-Suíça: Liga das Nações 2019

A seleção portuguesa de futebol mantém o quinto lugar do ranking da FIFA, que continua a ser liderado pela Bélgica, revelou hoje o organismo, na atualização de outubro, depois de terem sido realizados um total de 120 jogos.

Para a atualização do ranking contaram os últimos três jogos da seleção nacional, efetuados no início de outubro, em que empatou a zero com Espanha, num particular, seguido de resultado idêntico com a França e um triunfo por 3-0 sobre a Suécia, estes dois últimos jogos a contar para a Liga das Nações.

Portugal tem agora atrás a Espanha, que subiu uma posição para sexto, em troca com o Uruguai, que caiu para sétimo.

Veja também: Georgina revela detalhes intimidade com Ronaldo: “É uma bomba”

A Argentina também trocou de lugares com a Croácia, com os sul-americanos a ascenderem ao oitavo posto e os vice-campeões mundiais a caírem para nono.

O ‘top 10’ volta a ser fechado pela Colômbia, seleção liderada pelo português Carlos Queiroz.

Nesta última atualização, a seleção de Malta protagoniza a maior ascensão, tendo subido seis lugares para 180.º, enquanto a Roménia foi a que mais caiu, tendo dado um ‘trambolhão’ de 10 lugares, para 44.º.

Quanto às restantes seleções comandadas por treinadores portugueses, a Coreia do Sul, de Paulo Bento, subiu um posto, para 38.º, enquanto os Camarões (53.º), de Toni Oliveira, e o Bahrain (99.º), de Hélio Sousa, mantiveram os lugares.

Veja também: Bruno Fernandes marca na vitória do Man. United sobre o PSG (VÍDEO)

Ranking da FIFA em 22 de outubro:

(1) Bélgica, 1.765.

(2) França, 1.752.

(3) Brasil, 1.725.

(4) Inglaterra, 1.669.

(5) Portugal, 1.661.

(7) Espanha, 1.639.

(6) Uruguai, 1.637.

(9) Argentina, 1.636.

(8) Croácia, 1.634

10.(10) Colômbia, 1.631

(…)

(39) Coreia do Sul, 1.464.

(53) Camarões, 1.413.

(78) Cabo Verde, 1.316.

(99) Bahrain, 1.225.

(105) Moçambique, 1.200.

(119) Guiné-Bissau, 1.155.

(124) Angola, 1.136.

(181) São Tomé e Príncipe, 923.

(182) Macau, 922.

(196) Timor-Leste, 879.

Fonte: LUSA

Deixe uma resposta