Nacional

Pinto da Costa: “Época 2020/21 foi o campeonato Hugo Miguel”

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto

No último episódio da série documental Ironias do Destino, Pinto da Costa pronunciou-se sobre a Liga 2020/21, conquistada pelo Sporting.

Veja também: Peixeirada em direto entre Octávio Lopes e Pedro Guerra (VÍDEO)

O presidente do FC Porto considera que o árbitro Hugo Miguel teve influência no desfecho do campeonato da temporada passada.

“Ciclicamente, há arbitragens que marcam um campeonato. Assim como o de 1959 ainda hoje é conhecido como o campeonato do Calabote, o de 2000 foi o campeonato do Bruno Paixão. Fomos jogar a Campo Maior e foi de tal forma inqualificável a arbitragem que ainda hoje se fala no Bruno Paixão. Foi incrível e tendenciosa. Como este de 2021 vai ficar para sempre como o campeonato do Hugo Miguel. São arbitragens tão infelizes que marcam a própria história do campeonato”, afirmou.

Veja também: Mourinho irritado manda palavrões em bom português na Roma (VÍDEO)

Pinto da Costa fala de três grandes penalidades que ficaram por marcar no Moreirense-FC Porto (2-2).

“Eu falo de factos, não faço juízos de valor sobre as pessoas nem sobre as suas intenções. Dizer que o Hugo Miguel não marcou três penáltis claros que toda a gente disse, é uma realidade. E isso provoca-me indignação. Há gente que ainda não percebeu que há esse direito e o direito de se mostrar indignado quando as coisas não acontecem corretamente. Ainda há gente do antigamente que tem mentalidade retrógrada que não aceita que os outros, em liberdade, possam expressar a sua opinião”, concluiu.

Veja também: Áudio de Krovinovic a arrasar Jesus cai na net: “Filho da p*ta” (VÍDEO)

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!