Nacional

Pinto da Costa arrasa aqueles que tiraram o FC Porto da corrida pelo título

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto

Pinto da Costa recorreu ao seu espaço editorial da revista Dragões, onde fez o balanço deste arranque de temporada do FC Porto.

Veja também: Paulo Gonçalves: “Absolvição? Só falo em tribunal” (VÍDEO)

O líder azul e branco atacou aqueles que retiraram o clube da luta pelo título.

“A segunda paragem da temporada para encontros das seleções nacionais – que é a segunda de três que há em apenas três meses, numa fase da época em que os jogadores mais parecem das seleções e pontualmente emprestados aos clubes – permite efectuar um pequeno balanço do pouco que se jogou até aqui. A nota de destaque é o equilíbrio. No campeonato, os três primeiros classificados são os três crónicos candidatos ao título e estão separados por apenas um ponto. Este é um facto evidente – basta consultar a tabela classificativa para constatá-lo -, mas talvez seja surpreendente para alguns dos mais distraídos. É que apesar de ainda nem um quarto da liga ter sido disputada, havia quem ditasse sentenças quase definitivas no que ao título diz respeito. Parece que não aprenderam nada com o que se passou em épocas bem recentes”, começou por escrever.

Veja também: Renato Sanches manda cueca e ainda ficou a rir do adversário (VÍDEO)

Pinto da Costa destacou também a emergência de novos valores vindos da formação e que se estão a cimentar no plantel, como são os casos de Diogo Costa, João Mário, Vitinha, Bruno Costa, Fábio Vieira e Francisco Conceição.

Provavelmente, a maioria desses especialistas que já quiseram decretar o afastamento precoce do FC Porto da luta pelo campeonato são os mesmos que passam a vida a criticar a qualidade da nossa formação e a inferiorizá-la face às dos outros clubes. Também a esse nível têm de lidar com a frustração do confronto com a realidade. Como já tem acontecido em épocas anteriores, o nosso treinador continua a apostar em atletas que formámos na Constituição e no Olival e que têm correspondido às melhores expectativas. O Diogo Costa, o João Mário, o Vitinha, o Bruno Costa, o Fábio Vieira e o Francisco Conceição integram o plantel principal por mérito próprio, não são nem mais nem menos do que os outros, mas enchem-nos de orgulho por serem testemunhos vivos da qualidade com que se trabalha neste clube”, refere.

Veja também: E-Toupeira: “Não conheço ninguém. Foi uma experiência traumatizante”

Por último o presidente do FC Porto destacou o desempenho portista nas modalidades.

“E não é só no futebol que se trabalha bem. O início de temporada das equipas de andebol, basquetebol, hóquei em patins e voleibol feminino tem sido entusiasmante, já permitiu enriquecer o nosso museu com mais duas supertaças (andebol e voleibol) e já contribuiu para o reforço do prestígio internacional do clube através de grandes resultados nas competições europeias (andebol e basquetebol). Além disso, no bilhar às três tabelas, em mais uma magnífica prova organizada na nossa academia foi conquistado mais um título nacional. É uma época que começa à Porto e que me faz acreditar que terá um fim ainda melhor do que o princípio”, concluiu.

Veja também: Fernando Mendes arrasa Paulinho: “Custou 16M€ e só corre?”

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!