Nacional

“Pepe é a pessoa mais doce no mundo, muito afável”

Pepe na derrota do FC Porto diante do Marítimo

O FC Porto-Chelsea de mais logo, a contar para a 1ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, foi o pretexto utilizado pela imprensa inglesa para conhecer melhor Pepe, uma das figuras dos dragões.

Veja também: “Sofias desta vida aprendam. O futebol tem de ser dos homens do futebol” (VÍDEO)

Por isso os ingleses chegaram à fala com Nelo Vingada, o primeiro treinador do internacional português, quando este representava o Marítimo. O técnico garante que a imagem que Pepe passa no campo não corresponde, de todo, à realidade.

Ele é a pessoa mais doce no mundo, muito afável, mas quando entra em campo, tem uma identidade muito única como jogador, o que por vezes não reflete a sua personalidade, a sua natureza, os seus sentimentos“, afirmou.

Acredito que tenha ganhado essa reputação baseada em imagens de um ou dois jogos no Real Madrid. Por muito que gostemos de Pepe, não dói reconhecer que esses comportamentos não o dignificaram. Aquele não era Pepe. O Pepe que eu conheço é o jogador de outras partidas – às vezes agressivo, mas sempre dentro dos limites do futebol“, acrescentou.

Veja também: Visita de Casillas ao FC Porto serviu para tentar levar craque para o Real Madrid

O treinador acha curioso que “um jogador que ganhou tudo o que podia ganhar na carreira seja, só agora depois de vencer a Juventus, finalmente reconhecido no estrangeiro“.

Já em declarações ao The Athletic, Éder destaca a ambição e vontade de vencer de Pepe dentro de campo e a personalidade calma fora dos relvados.

Quando entra em campo, é modo guerreiro. Luta para vencer e faz o que for preciso. Obviamente que isso significa que pode agir de forma mais dura, mas é o seu trabalho. É da mesma maneira no treino. Quando o defrontamos, ele quer que nós saibamos que ele está lá e que nos vai dificultar a vida. É assim que ele é. Mas Pepe, o homem, é completamente diferente do Pepe que vemos em campo. É introvertido, não fala muito, gosta de estar sossegado, no seu mundo. Não é o tipo que gosta de ser o centro das atenções. Às vezes nem damos por ele numa sala. Ele é muito, muito calmo. É realmente… zen“, referiu.

Veja também: Francisco J. Marques arrasa arbitragem do Moreirense-Sporting

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!



WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com