Nacional

Pedro Neto: o primeiro jogador nascido nos anos 2000 a chegar à Seleção

Pedro Neto estreia-se a marcar pela Seleção Nacional no Portugal-Andorra

Pedro Neto, primeiro jogador nascido nos anos 2000 a jogar na seleção portuguesa de futebol, “nasceu com um dom” que fazia, por vezes, lembrar Messi, considera Telmo Sousa, um dos seus primeiros treinadores, à agência Lusa.

Orgulhoso de ver o jogador do Wolverhampton chegar à principal seleção portuguesa, Telmo Sousa salientou, contudo, que “nenhum treinador fez qualquer tipo de milagre: ele é um talento nato, nasceu com aquele dom, como os grandes pianistas, por exemplo“.

O Pedro destacou-se muito cedo pela sua técnica individual, comigo jogou sempre acima do seu escalão, apesar de ser baixinho. É um miúdo muito inteligente e tem ainda alguma coisa de jogador de rua, é muito rebelde, com uma capacidade de drible fantástica“, elenca Telmo Sousa.

Veja também: Ronaldo a sete golos de igualar o título de melhor marcador de seleções

O então técnico recorda à Lusa ter gravado “muitos vídeos dos jogos e era uma coisa incrível, era tipo Messi, pegava na bola, fintava toda a gente, passava a bola por cima do guarda-redes e marcava“, recorda.

Contudo, para o responsável técnico da associação vianense, “a qualidade por si só não chega e ele tem uma característica que também o diferencia, que é ser muito competitivo, não gostava de perder nem a feijões”.

Oriundo de uma família de desportistas – o pai e um tio foram hoquistas, é também sobrinho de Sérgio Lomba, antigo defesa central de Gil Vicente e Moreirense -, Pedro Neto, na sua infância/adolescência, praticava hóquei em patins e futebol em simultâneo e só quando a seleção de hóquei do seu escalão o convocou é que optou em definitivo pelo futebol, lembra o responsável associativo.

Veja também: Félix goza com Bruno Fernandes por causa desta FOTO e leva resposta

Telmo Sousa orientou Pedro Neto no Perspetiva em Jogo, clube que representa o Sporting nos escalões mais jovens naquele distrito e no qual o agora internacional ‘AA’ alinhou durante três épocas, depois do início no Vianense e antes de se transferir para o Sporting de Braga, em 2013/14.

Telmo Sousa conta que Pedro Neto chegou a ir, com outros colegas, treinar à Academia de Alcochete, mas seria o Sporting de Braga a contratar o promissor esquerdino.

Nascido a 09 de março de 2000, em Viana do Castelo, o extremo estreou-se, quarta-feira, na seleção A e logo como titular na goleada por 7-0 de Portugal sobre Andorra, no Estádio da Luz, que serviu de preparação para os embates decisivos com a França (sábado, também na Luz) e Croácia (terça-feira, em Split) a contar para Liga das Nações.

Veja também: Félix faz anos e namorada dedica-lhe VÍDEO apaixonado

Pedro Neto jogou apenas a primeira parte e abriu o ativo aos oito minutos, voltando a mostrar queda para marcar em estreias, tal como o fez no Sporting de Braga, há três anos e meio.

Pouco tempo depois de ter completado 17 anos, a 14 de maio de 2017, e poucos minutos após ter entrado a substituir Pedro Santos, Pedro Neto marcou um golo na goleada dos ‘arsenalistas’ por 4-0 ao Nacional, na penúltima jornada da I Liga 2016/17.

Pedro Neto rumaria aos italianos da Lazio na época seguinte e, em 2019/20, para os ingleses do Wolverhampton, onde é aposta assídua do treinador português Nuno Espírito Santo.

Veja também: Francisco J. Marques reage às novas suspeitas sobre o Benfica

Fonte: LUSA

Deixe uma resposta