Nacional

Passou pelo FC Porto e assume: “Prometi nunca trabalhar no Benfica”

Pepijn Lijnders, antigo treinador da formação do FC Porto

Pepijn Lijnders foi treinador que passou sete anos ao serviço da formação do FC Porto entre 2007 e 2014. Depois abraçou um novo desafio profissional, rumando ao Liverpool onde exerce funções de adjunto de Jurgen Klopp.

Ora foi nessa condição que marcou presença no podcast inglês A Grande Entrevista de Graham Hunter, recordou os tempos vividos de dragão ao peito. O holandês revela a promessa que cumpriu desde que assinou pelos azuis e brancos.

“Quando assinei pelo FC Porto a primeira vez, foi um ano, depois foi por três anos. Estava muito orgulhoso. A única coisa que disseram que não negociávamos é que a partir daquele momento isso significaria que eu nunca poderia trabalhar no Benfica. E eu prometi, claro“, afirmou.

Veja também: Ozil escolhe entre Ronaldo e Messi e arrasa na resposta

Lijnders recorda ainda a mentalidade do FC Porto, assim como a cidade

O FC Porto e a cidade provocaram um impacto muito grande em mim. Foram sete anos… Vi muita paixão de todos e jogadores jovens inacreditáveis. Inscrevi-me para ter três aulas de português por semana. Não podia ensinar sem conhecer a língua e a cultura. O Pinto da Costa criou uma cultura grande de vitórias. O lema principal é: ‘Adoramos que odeiem perder’. Nunca vi aquela raça antes, mas vinha da Holanda. Desenvolvemos uma nova geração com mentalidade de clube, mentalidade atacante e com grande técnica”, concluiu.

Veja também: Jesus trocar o Benfica pelo regresso ao Brasil pela porta grande

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!