Nacional

Ministério Público suspeita que Benfica controla clubes pequenos

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica

Segundo adianta o jornal Observador, o Benfica está a ser investigado pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e pela Polícia Judiciária (PJ) por alegadamente impor uma dependência económica em relação a clubes pequenos.

Terão sido recolhidos indícios da prática de corrupção desportiva, crimes de fraude fiscal, branqueamento de capitais e participação económica em negócio.

O Observador aborda as transferências de César Martins, Patrick, Martin Chrien e Fábio Cardoso para o Santa Clara na época 2018/2019, nas quais esteve envolvido José Gonçalves, diretor desportivo do Aves na temporada 2017/2018. A PJ recolheu escutas nas quais José Gonçalves e Luís Filipe Vieira discutem estas transferências.

Veja também: “Vejo uma Juventus cada vez menos dependente de Ronaldo”

O nome de Paulo Gonçalves volta também a dar origem a suspeitas, nomeadamente pelo seu envolvimento na contratação de Jhonder Cádiz ao V. Setúbal. A PJ suspeita que o antigo assessor jurídico da SAD encarnada tenha recebido uma comissão superior ao valor pago aos sadinos pelo venezuelano, na condição de intermediário.

Deixe uma resposta