Nacional

Marega: “Chegámos à Luz e metemos o Benfica no sítio”

Moussa Marega foi um dos jogadores do FC Porto que recordaram a caminhada portista até à conquista da dobradinha.

Veja também: Um dos maiores escândalo no futebol: Marco Veratti que joga no PSG é uma mulher…

O avançado maliano recordou o embate da 3ª jornada diante do Benfica, onde considera ter sido o melhor jogo do ano.

Para Marega foi igualmente uma demonstração de superioridade por parte dos dragões na casa do Benfica.

Para mim, foi o melhor jogo do ano. É verdade que estávamos em Lisboa, num contexto difícil, porque por um lado tínhamos o FC Porto que estava em dificuldades, que tinha perdido com o Gil Vicente, e do outro lado estava uma equipa que toda a gente achava que era a melhor equipa do mundo. Pensavam que nos íamos colocar na defensiva mas, mas a partir desse momento, nós mostrámos que somos o FC Porto. Chegámos lá e colocámos o Benfica no sítio. Fizemos um grande jogo, fomos largamente mais fortes do que eles em todos os domínios e graças a Deus fiz um golo. Antes disso, falhei uma grande oportunidade para marcar, que me fez sentir muito mal, mas depois redimi-me e marquei esse segundo golo. Ganhámos e esse foi um jogo muito importante“, afirmou em declarações ao Porto Canal.

Veja também: Quaresma de regresso ao FC Porto? Conceição já decidiu

A adaptação dos novos jogadores e o respeito pelo FC Porto

Danilo destacou a importância dessa vitória sobre os encarnados, sobretudo pela chegada de muitos jogadores novos ao Dragão.

O facto de terem chegado muitos jogadores que não tinham muita noção daquilo que é representar o FC Porto, não saber também o que era um clássico Benfica-FC Porto, nesse caso ajudou, mas não ajudou nos outros jogos, porque a realidade é diferente. Até essa adaptação estar concluída, a equipa oscilou um bocado”, referiu.

Veja também: Messi faz finca-pé e recusa-se a treinar no Barcelona

Nessa partida Romário Baró jogou o seu primeiro clássico, ansiando por dar o troco aos rivais.

“Era o meu primeiro clássico e ganhei na Luz. Tive mais pressão com o Vitória Setúbal do que com o Benfica. Quando fui substituído e estava a levar com os adeptos em cima, só queria que o jogo acabasse para lhes mostrar o símbolo do FC Porto para dizer que têm de ter respeito por nós“, disse.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!