NacionalVídeos

Kean após humilhação: “O Manchester United está a desrespeitar Ronaldo” (VÍDEO)

Cristiano Ronaldo após falhar uma grande oportunidade de golo pelo Manchester United

Roy Kean foi uma das vozes críticas em relação à opção de Erik Ten Hag manter Cristiano Ronaldo no banco durante o derbi de Manchester.

Veja também: Os dois treinadores portugueses apontados como sucessores de Lage no Wolverhampton

O antigo jogador do Manchester United considera uma falta de respeito para com o astro português e que, se era para se manter nesta situação, o clube deveria ter permitido a sua saída no mercado de verão.

Kean, que partilhou o balneário com Ronaldo na sua primeira passagem pelos red devils, considera que Ronaldo é garantia de golos e prevê problemas caso a situação não se inverta.

O Manchester United está a desrespeitar o Cristiano Ronaldo, deviam tê-lo deixado sair antes do final da janela de transferências no verão. Não se segura um jogador como o Cristiano Ronaldo no banco de suplentes, é um dos melhores jogadores de sempre e tinha opções [para sair]. Essa ideia de dizer que ele não tinha opções é mentira, ele tinha umas quatro ou cinco opções muito boas. Se olharmos para isto de outro prisma, ele não vai pôr o Ronaldo a jogar. É verdade que já o fez em jogos da Liga Europa, mas prevê-se que esta situação vá ficar cada vez mais feia à medida que a temporada avançar. Sentar Cristiano Ronaldo no banco do Manchester United semana após semana a fio não vai ser bom. Penso que o United está a desrespeitar o Ronaldo e que deveriam tê-lo deixado sair quando a oportunidade surgiu. Sinto que deixá-lo no banco é ridículo para um jogador com o seu estatuto. Mesmo hoje… se podia tê-lo lançado no jogo? Claro que podia. Basta olhar para o recorde de golos que ele tem. Se estiver dentro da área, marcará sempre golos”, afirmou.

Veja também: Jornalista inglês chama idiota a Ten Hag e atira: “A forma como está a tratar Ronaldo é vergonhosa”

Kean também rebateu o argumento de que as características de Ronaldo não combinam com o modelo de jogo que Ten Hag pretende implementar, nomeadamente ao nível da pressão.

O irlandês considera que os golos que o português garante são mais do que argumento suficiente para que entre em campo, até porque diante do Manchester City não resultou de todo a tentativa de pressão do Manchester United.

Veja o momento no vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!