Nacional

João Mário deixou mais um milhão de euros nos cofres do Sporting

João Mário em ação pelo Benfica na Luz

O Relatório e Contas do Sporting, apresentado na noite de 3ª feira à CMVM, confirmou que João Mário rendeu mais um milhão de euros para os seus cofres.

Veja também: Momento em que Ronaldo ajudou a ‘steward’ e em bom português (Vídeo)

Aquando da transferência do atual médio do Benfica para o Inter de Milão, em 2016, ficou acordado que os leões encaixariam esse valor, caso os nerrazzuri se sagrassem campeões, o que veio a acontecer na época passada.

Recorde-se que na altura, o clube italiano pagou 40 milhões de euros ao Sporting por João Mário, aos quais acresceriam mais cinco milhões de euros, mediante a concretização de objetivos individuais e coletivos. Um deles era a conquista do Scudetto.

Veja também: As palavras de Conceição para adepto que caiu da bancada no clássico

Prejuízo de 32,9 milhões de euros

O Relatório e Contas do Sporting relativo à temporada 2019/20 apresentou um prejuízo de 32,9 milhões de euros.

“O resultado líquido negativo de 33 milhões de euros apresentado neste exercício é resultado directo de um contexto mundial de crise, com consequências na quebra das receitas de transacção de jogadores e das receitas operacionais pela ausência de público nos estádios. Colocam-se-nos enormes desafios pela frente, mas é de enaltecer a importância do trabalho de construção de bases conseguido até aqui pois, caso contrário, não nos teria sido permitido atravessar este período”, justificam os leões.

Veja também: Sprint de Ronaldo deixou os ingleses de boca aberta: 32,5 km/h (VÍDEO)

Os verde e brancos apresentaram uma quebra de 71 milhões de euros em transferências, apesar das saídas de Wendel para o Zenit (20,3 M€) e de Acuña para o Sevilha (11,25 milhões).

As transferências do último mercado, recorde-se, integram o exercício financeiro que arrancou a 1 de julho.

No que ao passivo diz respeito, e tendo em conta os últimos números publicados (terceiro trimestre), subiu cerca de 8 milhões de euros, dos 302 para 310 M€. Em relação ao período homólogo, verifica-se um aumento de 12 milhões de euros (298 para os 310 M€).

Veja também: Del Piero defende Ronaldo: “A Juventus não cresceu com a superestrela”

Os capitais próprios da SAD terminam 2020/21 nos 41 milhões de euros negativos (mais 8 M€ em relação ao terceiro trimestre), quando a 1 de julho de 2020 se fixavam nos 9,89.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!