NacionalVídeos

Jesus: “Responder a adeptos do Benfica? Estamos a brincar” (VÍDEO)

Jorge Jesus em conferência de imprensa no Benfica

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Tondela, Jorge Jesus respondeu às duras críticas de que tem sido alvo, nomeadamente por parte de figuras do Benfica.

Não vou responder, era o que faltava. Sei perfeitamente que muitas das vezes o sentido crítico que as pessoas possam ter, a especulação na intenção de fazer alguma desestabilização. É assim Portugal. Estou adaptado, já antes de sair do país era assim. São opiniões, não vou responder a opiniões das pessoas. Tenho de me sujeitar, ler, estar de acordo ou não com vocês [jornalistas]. Mas pessoas fora do futebol? Têm a opinião deles, que fiquem com ela.

Se analisarmos pelos resultados, essa questão não se coloca. Estão a falar do campeonato, nos últimos 5 jogos ganhámos 4 e empatámos um. Se me dizer ‘estás satisfeito?’ Não, não estou. Volto a dizer que queria estar em primeiro, que o Benfica estivesse a jogar como no início do campeonato. A insatisfação dos adeptos se calhar é igual. Tenho de responder aos adeptos, ao presidente, ao diretor geral do Benfica. Comentadores que falam do Benfica? Eles têm um currículo acima do meu…[irónico] Falem de futebol! ‘Acha que o Benfica está a jogar pouco, devia jogar melhor’?”, afirmou.

Veja também: Jogadores do Benfica nus em direto e Rui Costa não gostou (FOTOS)

O técnico encarnado assume o desejo de alcançar o primeiro lugar, mesmo perante a intranquilidade que ronda a equipa.

“Se contabilizarmos os últimos 5 jogos, ganhou quatro e empatou um. Satisfeito não, quero recuperar o 1º lugar, estou cansado de há 7 jornadas não estar em primeiro. É para isso que trabalhamos. Temos a plena confiança na equipa que temos, eu do treinador que sou. Isso que falam que está frouxo… Sou o mesmo, tenho mais rugas. Essas especulações, essa conversa da treta? Vale zero! O que quero é recuperar o primeiro lugar, voltar a ser campeão”, referiu.

Veja também: City mostra VÍDEO de Rúben Dias e mostra-se rendido: “Líder natural”

Jesus assume também que a ausência de adeptos tem o seu peso.

“Estar há 4 ou 5 anos é diferente de 4 meses. As ideias não são as mesmas quando trabalhamos com uma equipa há mais tempo. Fazem falta os adeptos ao Benfica, principalmente ao Benfica, porque os grandes clubes são os que têm massa adepta, que fazem ganhar títulos. Pressão a mim? A mim não cria pressão nenhuma. Treinador e jogadores todos os dias têm de justificar. Agora cometemos alguns erros e temos de melhorar, disso não há dúvida alguma. Pressão do quê? Resultados? De competências nunca mais vou ter. Resultados? Isso é normal na carreira de um treinador, por isso uns são diferentes dos outros”, concluiu.

Veja também: Morreu Alex Apolinário, jogador do Alverca – ÚLTIMA HORA

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!