Nacional

Jesus reage ao tropeção do Sporting e responde a queixas de Conceição

Jorge Jesus, treinador do Benfica, em conferência de imprensa

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o P. Ferreira, Jorge Jesus não espera facilidades para o Benfica na deslocação à Mata Real.

Há dados factuais sobre a capacidade da equipa do Paços e a época que está a fazer. Ainda mais no seu estádio, onde só perdeu com o Sporting. É um alerta, vamos ter um jogo difícil, mas para nós as dificuldades… O Benfica tem de jogar para vencer, para recuperar relativamente ao segundo classificado. Essas dificuldades não são muito importantes em termos do nome do adversário. Vamos ter momentos difíceis porque o adversário vai dificultar, mas o Benfica está preparado para isso, tem qualidades e possibilidades de sair com mais uma vitória, que é o que queremos. Estamos confiantes e motivados. Vamos enfrentar este adversário com respeito, mas temos capacidade para trazer os três pontos da Mata Real”, afirmou.

Veja também: Técnico do Leixões reage a críticas após polémica com Sofia Oliveira

Ainda assim o técnico encarnado conta com um registo defensivo em franca melhoria, com as águias a não sofrerem golos há já 6 jogos.

Não é só o facto de a equipa estar há 5 ou 6 jogos sem sofrer golos, tem a ver com mais tempo para trabalhar as ideias coletivas. Quando estás num processo defensivo tens dois momentos no jogo: coletivo e individual. A equipa melhorou muito coletivamente e isso fez com que na segunda volta o Benfica seja uma das equipas que mais pontos fez. Fruto de uma organização defensiva forte e também com a entrada de alguns elementos, nós do Lucas, mas também do Diogo e do Helton. Os factos são reais. É tentar continuar a melhorar. Não faltam muitos jogos para a equipa ser a que tem menos golos sofridos no campeonato, ainda é possível“, referiu.

Veja também: “Sofias desta vida aprendam. O futebol tem de ser dos homens do futebol” (VÍDEO)

Jesus fez o exercício de tentar perceber como seria este campeonato se começasse agora.

Já tive a oportunidade de dizer que as equipas têm períodos bons e outros não tão bons. E aí tem de se perceber porquê. No momento em não tivemos períodos tão bons soubemos o porquê, não tínhamos nada a ver com isso. Hoje não sei se seria diferente, o mundo foi embrulhado numa situação que sabemos qual é, que em todas as áreas teve grande impacto negativo. Nós não fugimos a esse problema, que nos afetou no mês de janeiro. Agora trabalhamos com todos, estamos muito mais juntos diretamente e as coisas foram melhorando. Fruto do trabalho, são mais horas, há maior ligação entre o grupo e os resultados respondem pela positiva. Mas não vamos fugir à realidade: perdemos muitos pontos e agora andamos atrás, jogo a jogo. Se agora começasse teríamos mais hipóteses? Não fizemos nada de mal que dependesse de nós. São coisas que não se consegue controlar, foram dois meses fatais para nós“, disse.

Veja também: FC Porto quer reforçar o ataque com avançado que o Benfica recusou

O treinador do Benfica reagiu também às palavras de Sérgio Conceição, que se queixou do calendário apertado a que o FC Porto está sujeito.

“É verdade que as equipas que sonham com objetivos diferenciados, que querem estar na Europa, têm de sofrer pelo sucesso. Sabemos que três dias praticamente não dá para recuperar para o jogo seguinte, mas esse é o preço de se estar numa equipa grande. Não é só Benfica, o Sporting e FC Porto que vão às competições europeias, há outras equipas grandes que lá estão. Mas preferia jogar sábado com o Paços de Ferreira e três dias depois ter os quartos-de-final da Liga Europa na semana seguinte.”

Veja também: Conceição arrasa jornalista da CMTV à procura de polémica (VÍDEO)

Por último Jesus abordou o empate do Sporting diante do Moreirense.

Mais motivação não, vamos à procura dos rivais que estão à nossa frente. Queremos apresentar qualidade e sabedoria para recuperar a nossa classificação, a segunda posição que é muito importante. Estes ciclos de jogos vão diminuindo. Em relação ao Sporting, já se projeta noutro cenário, estamos dependentes dele, mas não somos nós que temos essa competência, temos de ganhar todos os jogos e os rivais têm de perder. O facto de o Sporting ter empatado um jogo… um jogo não diz nada. Agora a soma de muitos jogos pode dizer alguma coisa. Se continuarem em período negativo… Mas não é um sinal”, concluiu.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!