Nacional

Jesus reage a polémica saída dramática de Weigl do estágio do Benfica

Jorge Jesus em conferência de imprensa no Benfica

Após a vitória do Benfica sobre o Portimonense (1-5), Jorge Jesus falou sobre o caso de Julian Weigl. O médio alemão deixou o estágio dos encarnados repentinamente, para assistir ao nascimento da sua primeira filha.

Veja também: Inesperado: Rui Vitória pode estar a caminho de colosso inglês

No entanto, o técnico encarnado garantiu que Weigl foi devidamente autorizado a deixar o estágio para acompanhar a esposa Sarah Richmond.

“Estive dois anos fora de Portugal e uma das coisas que noto diferente é a comunicação, não estou a dizer qual, mas inventam, mentem, querem arranjar tema para ter audiência. O que aconteceu ao Julien… não foi a ele, foi à mulher dele, que entrou em trabalho de parto complicado. Não tem família para ajudar. Ele às 4 da manhã foi ao quarto desesperado, que a mulher lhe tinha telefonado e se a gente deixava sair… o que… o que é que eu fazia? Temos de deixar, hoje a mentalidade não é a do meu tempo. Deixámos sair, um funcionário do Benfica veio buscá-lo. Inventaram que estávamos zangados… não vale tudo“, afirmou em declarações à flash interview da Sport TV.

Veja também: Bruno de Carvalho reage ao tropeção do Sporting e deixa uma certeza

Sobre a partida em Portimão, Jesus considera que houve dois momentos cruciais para o desfecho favorável aos encarnados: o golo do empate em cima do intervalo e a entrada de Darwin Nuñez.

“A diferença está sempre nos golos, agora o momento em que são marcados não tem muita influência. O 1-1 antes do intervalo teve importância na melhoria da equipa. Depois face ás modificações que fizemos fomos ficando mais fortes, mais controladores e os golos foram aparecendo. Jogámos contra uma boa equipa que não perdia há três jogos e é muito difícil de ser batida aqui, está a fazer um bom campeonato sobretudo na 2.ª volta”, referiu.

“O Benfica fez um jogo forte como tem feito, tivemos um percalço onde não esperávamos. Estamos a pôr as coisas fáceis nos jogos difíceis e difíceis nos que parecem fáceis. Só interessam as vitórias, é importante a qualidade coletiva individual. Hoje a entrada do Darwin foi determinante, está a ficar melhor e quando tens isso a equipa também melhora“, acrescentou.

Veja também: Italianos atacam e culpam Ronaldo pelo golo do Parma (VÍDEO)

O técnico do Benfica explicou o que pretendia com a entrada do uruguaio.

Precisávamos de um jogador que desse profundidade. Estávamos a ter qualidade mas pouca profundidade na zona de decisão. Achei que tínhamos de modificar e jogar de maneira diferente. Achei que o Gabriel, mais posicional e com um cartão amarelo, deixou de ser agressivo para não arriscar, e bem, outro amarelo, mas começámos a perder bolas na zona central“, observou.

Veja também: Jesus reage a alegada queixa de jogadores sobre ‘tareia’ no treino (Vídeo)

Por último Jesus lembrou a derrota com o Gil Vicente.

“Sabemos porque que perdemos o outro jogo. Tentámos corrigir coisas que não fizemos bem, a equipa é segura e confiante, acredita no que faz. Isso é fundamental. É meio caminho andado. Benfica tem jogadores de qualidade e o jogo torna-se mais fácil. Vindo de derrota que nos custou muito, não abalámos, não trememos. Quando acreditas no que fazes não tremes, não mudas o teu discurso. Há quem só acredite quando se ganha“, concluiu.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!



WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com