NacionalVídeos

Jesus e os jogadores que mais melhoraram após regressar ao Benfica

Jorge Jesus, treinador do Benfica, em conferência de imprensa

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo da 2ª mão das meias-finais da Taça de Portugal com o Estoril, Jorge Jesus chamou a atenção de que a tarefa estar longe de estar concluída, apesar da vantagem obtida pelo Benfica na 1ª mão.

“É um dos nossos grandes objetivos da época, chegar à final. Falta um jogo, é verdade que estamos em vantagem, mas temos de respeitar seja que adversário for. Temos a certeza que durante o jogo o Estoril é um equipa bem organizada, com qualidade técnica quando está em ataque posicional e é capaz de nos criar alguns problemas como criou na Amoreira. Estamos preparados para a eliminatória de amanhã, para sairmos vencedores e termos o passaporte para a final”, afirmou.

Veja também: Rúben Amorim vai renovar com o Sporting e fica com cláusula milionária

O técnico encarnado não vai na onda de que a conquista da Taça ajuda a salvar a temporada. Para Jesus é um título para conquistar, independentemente de como a temporada esteja a correr.

“Primeiro tenho de jogar com o Estoril e chegar à final e vencer. Como é óbvio, se me perguntar se é importante chegar à final e vencer, é. Seja pela época positiva ou pela época negativa. O Benfica chegando a uma final da Taça de Portugal, independentemente da época ser positivo, é fundamental e importante ganhar a final. Se for negativa é mais importante? Não, é a mesma coisa, tem de ganhar. Fundamental é ganhar a segunda prova mais importante do futebol português”, referiu.

Apesar de a época estar longe de ser o que esperava, o treinador das águias considera que a equipa já está a apresentar melhorias.

Tem-se notado que a equipa do Benfica, desde que estabilizamos, tem vindo a melhorar, não só visualmente, mas também nos dados que temos, nos GPS. Sabemos as distâncias que os jogadores correm nos jogos. A partir do primeiro jogo com o Arsenal a equipa, fisicamente, tem vindo a dar dados muito mais altos. O Weigl é um jogador que antes não corria acima de 10km, no último jogo fez 13km. Se somarmos isto individualmente, a equipa está a correr mais quilómetros“, garantiu.

Veja também: “Ronaldo nunca chegará aos pés de Pelé, Maradona ou Messi”

Jesus revelou ainda os dois jogadores que considera terem crescido mais desde o seu regresso ao Benfica.

É verdade que o Weigl é um dos jogadores. Há dois jogadores que desde que cheguei estão a jogar acima daquilo que era o normal, um é ele. Ele foi percebendo aquilo que eu achava importante para a valorização da posição, hoje é um jogador muito mais intenso sem bola. O outro é o Rafa. Curiosamente, o Rafa nunca teve COVID-19… É um jogador que tem feito jogos este ano, na minha opinião, com um ritmo, uma intensidade, uma disponibilidade tática e defensiva“, considerou.

Veja também: Desagrado de Ronaldo preocupa Juventus que teme perder o português

Sobre Rafa, Jesus diz que o jogador deve melhorar o momento da decisão para atingir outro patamar.

Quando souber definir o último passe, da decisão, vai ser um jogador de topo. [Onde melhorou] Defensivamente, naquilo que era importante ele ser responsável e também porque tem jogado quase sempre, está mais moralizado: Os jogadores que jogam mais ganham confiança. É um jogador super inteligente taticamente, quando falo com ele, na recetividade que ele tem comigo, percebo a facilidade que ele tem em perceber o que lhe tento passar. Isso ajuda a valorizar o jogo dele”, avaliou.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!