Nacional

Jesus comenta hipótese de o Benfica contratar Umtiti

Jorge Jesus em conferência de imprensa de antevisão ao Spartak de Moscovo-Benfica

O mercado de transferências foi tema abordado por Jorge Jesus, na conferência de imprensa de antevisão ao Benfica-Arouca.

Veja também: Fernando Madureira em férias de luxo apesar de estar falido

O técnico encarnado comentou a possibilidade de o clube contratar Samuel Umtiti, reconhecendo que o central do Barcelona está fora da órbita das águias.

“São jogadores que toda a gente conhece, mas penso que são jogadores que neste momento estão fora da nossa órbita. A lesão do Vertonghen faz-nos pensar um pouco. Uma equipa quando joga com 2 centrais tem de ter 4 centrais no total, com 3 tens de ter 5. Temos algum tempo para trabalhar em cima disso e vamos pensar no que é melhor para o Benfica”, afirmou.

Sobre a receção aos arouquenses, Jesus confirmou a titularidade de Morato.

“Não é por causa do Vertonghen que o sistema pode ser alterado. Ele lesionou-se, entrou o Morato e a equipa jogou no mesmo sistema. Amanhã joga o Morato“, referiu.

Veja também: Jesus responde a acusações contra o Benfica de pressionar a arbitragem

O treinador das águias destacou as dificuldades que o Arouca poderá colocar na Luz.

Não temos um conhecimento muito grande do Arouca, vimos apenas o jogo com o Estoril. No primeiro jogo da época, nenhuma das equipas está a 100 por cento, e o Arouca anda à procura do seu espaço. É uma equipa bem organizada, muito rápida a sair para o contra golpe e forte na bola parada. Tem alguns momentos de jogo em que temos de estar atentos porque senão podem surpreender-nos. Mas o Arouca também tem de se preocupar com o Benfica. Isso não invalida que não olhemos para o nosso adversário com respeito. Não jogamos sozinhos. No futebol não é o mais forte que ganha sempre. Estamos atentos a isso“, assegurou.

Veja também: Sporting ‘aplaude’ eliminação do Olympiacos da Liga dos Campeões

Por último Jesus realçou a importância de João Mário na equipa.

“São as duas coisas: a evolução natural da equipa, que tem melhores automatismos e melhores ideias ofensivas e defensivas, e a entrada do João Mário, que é um jogador com características que não tínhamos, que sabe o que são ritmos de jogo e organizar o jogo quando tem de ser. Isso deu estabilidade à equipa, que também melhorou defensivamente porque se conhece melhor. O sistema que temos jogado também favorece o Weigl”, concluiu.

Veja também: Benfica deu os parabéns a Bernardo Silva e Nelson Oliveira deixou farpa

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!