Nacional

Jesus acaba com o fair play do Benfica após o jogo com o Boavista

Jorge Jesus em antevisão de um jogo do Benfica na Liga Europa

Jorge Jesus deixou muitas críticas à arbitragem do jogo frente ao Boavista, em que o Benfica perdeu por 3-0. O técnico encarnado não gostou do facto de a equipa de arbitragem liderada por Hugo Miguel ter permitido aquilo que considera terem sido paragens constantes do ritmo de jogo.

Assim o Benfica deixará nas mãos do árbitro a decisão de interromper ou não o jogo.

Veja também: Diogo Jota assina hat trick na goleada de mão cheia do Liverpool (VÍDEO)

No entanto, acrescenta ainda o Record, os jogadores só poderão quebrar esta regra por indicação de Jesus. Neste caso, a decisão do treinador do Benfica dependerá daquilo que este considerar ser um jogo normal sem paragens forçadas.

O objetivo desta estratégia é terminar com as estratégias de quebra constante do ritmo das partidas, com faltas persistentes ou lesões simuladas.

Veja também: Barcelona vai tentar levar Darwin do Benfica já em janeiro

Deixe uma resposta