Nacional

Imprensa italiana fala em baile e humilhação do Benfica à Juventus: “Foram mestres”

Jogadores Benfica festejam um golo no jogo com o Vizela

A imprensa italiana mostrou-se absolutamente rendida à exibição do Benfica, na vitória sobre a Juventus que garantiu a qualificação para os oitavos de final da Liga dos Campeões.

Veja também: O gesto nada habitual de Rafa após a vitória do Benfica sobre a Juventus (VÍDEO)

A Gazzetta dello Sport diz que os encarnados foram mestres do jogo.

Os portugueses foram mestres do jogo que os bianconeri deveriam ter vencido para continuar à espera: um final pirotécnico não foi suficiente para virar a partida. O baile lusitano não pára: mudanças de ritmo, busca constante da superioridade. A Juve olha, tenta, mas é impotente perante tanta demonstração de superioridade“, refere o jornal, destacando o 4-2-3-1 que Schmidt utilizou, “capaz de jogadas espetaculares numa organização mecânica”.

A mesma publicação destaca também a exibição de Rafa.

Rafa Silva deixou logo claro que estava em grande noite: dribles, aceleração, fintas, conclusões, o seu repertório é completo e espetacular. Mas à sua volta o Benfica move-se em uníssono, a jogar a mesma partitura com grande ritmo e intensidade“.

Veja também: Rodolfo Reis insulta jogador do Benfica após derrota do FC Porto no clássico (VÍDEO)

Já o Corriere dello Sport destaca a capacidade técnica e física do Benfica.

Equipa de Allegri esteve mais de uma hora em total mercê do adversário, psicologicamente frágil e incapaz de deter a avassaladora potência técnica e física dos anfitriões“.

O Corriere della Sera aponta o dedo à defesa da Juventus para explicar a derrota.

Juventus desmorona frente ao Benfica no Estádio da Luz, em Lisboa: má defesa, Danilo salva a honra. Ataque desapareceu. Os portugueses foram desenfreados, mas depois sofreram a tentativa de reviravolta dos bianconeri“.

O Il Gazzetino fala em humilhação imposta pelo Benfica à Juventus.

Fora da Liga dos Campeões com quatro derrotas em cinco jogos da fase de grupos. Esbofeteado pelo Maccabi, humilhado por Rafa Silva, atingido e afundado pelo navio de guerra Benfica, simplesmente imparável e imbatível. A Juve rende-se dando luta apenas no final e, pela primeira vez na carreira, Allegri não consegue cumprir o compromisso dos oitavos de final da Liga dos Campeões, numa época já comprometida no final de outubro”.

Veja também: A explicação insólita de António Silva sobre o festejo após estreia a marcar pelo Benfica

O Tuttosport não poupou nas críticas à Juve.

Adeus à Champions. Agora a aritmética é implacável: o golpe com o Benfica mancha o ambiente de forma irreparável. Allegri conduz a equipa ao abismo e a uma das páginas mais negras do clube“.

1 comentário

  • O Sr Rodolfo Reis é duma educação esmerada, nunca ofende ninguém, segue na linha do Sr que é o treinador do F.C.P. ou seja julga que é maneira de mostrar o seu portismo a moda mal educada e aberrante como reaje ás derrotas, mas só aqui no burgo, porque fora de portas é mansinho como um cordeira, tal como a Sr Rodolfo Reis, o Sr Sergio Conceição dá corpo á frase, “somos porto” ou seja, mal educados e irracionais

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!