Nacional

“Ganhava mais como médico do que como presidente do Sporting”

Frederico Varandas, presidente do Sporting, a discursar

Na Assembleia-Geral da SAD do Sporting, Frederico Varandas procurou justificar as contas do clube e responder às críticas dos acionistas.

Veja também: O VÍDEO de Cristianinho em campo que entusiasma adeptos do United

“É difícil competir num mercado onde se paga muito mais a 300 km e a 4 km [FC Porto e Benfica]. É difícil competir assim mas o caminho não é reduzir. Fizemos uma redução brutal, em três anos reduzimos €18 milhões em salários, não achamos que o caminho seja reduzir mais. É difícil competir com rivais que têm o orçamento que têm e daí dizer que foi dado pouco mérito ao título de campeão, nas condições em que foi, comparando com os rivais“, afirmou em declarações reproduzidas pelo diário desportivo A Bola.

Veja também: Afinal Paulinho custou bem mais do que 16M€ aos cofres do Sporting

Varandas foi ainda confrontado com a quantidade de subscrições do empréstimo obrigacionista que adquiriu.

Não tenho de dar justificações do que comprei. Não sou rico, o dinheiro que tenho vem do meu trabalho. Quando optei ser presidente do Sporting tinha acabado de comprar uma casa. Ganhava mais como médico do que como presidente do Sporting. Cumpro as minhas responsabilidades, pago o empréstimo ao banco e tenho o dinheiro que tenho. Se sou rico? Não. Se ganho menos do que ganhava? Ganho. Tenho uma Gamebox desde o início do estádio e ao contrário de elementos da anterior direção sempre a paguei. Paguei, continuo a pagar e não vou lá sentar-me há dez anos. Pago as minhas quotas e dou o dinheiro que posso porque tenho uma família e tenho obrigações“, concluiu.

Veja também: Renato Sanches manda cueca e ainda ficou a rir do adversário (VÍDEO)

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!