Nacional

Fernando Santos reage a poupança de 6 jogadores em alerta amarelo

Jogadores da Seleção Nacional festejam o golo de Cristiano Ronaldo no Portugal-Israel

Portugal entra para o jogo com a Republica da Irlanda, referente à qualificação para o Mundial 2022, com seis jogadores em risco de exclusão para o jogo com a Sérvia, caso sejam sancionados com um cartão amarelo.

Veja também: Baixa de peso na Seleção para o jogo com a Irlanda – ÚLTIMA HORA

Contudo Fernando Santos recusa a ideia de poupar jogadores, a pensar nesse facto.


“O jogo mais importante é o da República da Irlanda. Tenho confiança em todos os jogadores, nos que jogam e que não jogam. Mais do que levar ou não levar amarelo, há que pensar também naquilo que é a forma de estar em campo. Os jogadores quando entram em campo vão para dar tudo, disso não tenho dúvidas. Mas quando sabes que há um cartão, pode condicionar de alguma forma. Sabemos que vai ser um jogo duro, contra uma equipa forte, competitiva, ainda mais por jogarem em casa. Disputam cada lance, nunca saem do jogo. No Irlanda-Sérvia, os últimos minutos foram avassaladores, nunca se entregam, é uma equipa que sabe jogar, tentam sair a jogar em ataque organizado, mas quando não consegue têm como alternativa o ataque à profundidade. Vai ser muito disputado. Vou analisar bem e acredito muito nos jogadores que tenho, vamos colocar uma equipa forte por ser um jogo muito importantes”, afirmou.

Veja também: Mercado: Telefonema de Conceição para desviar alvo do Benfica?

O selecionador nacional recordou as incidências da última vez que Portugal enfrentou os irlandeses para chamar a atenção das dificuldades do jogo de amanhã.

Sim, mas aos 20 minutos também podíamos estar a ganhar 2-0, falhámos um penálti e atirámos uma vez ao poste. Acho que o importante a retirar é o período que veio a seguir à bola no poste, e até ao fim da primeira parte, em que perdemos o equilíbrio e entrámos no jogo que agrada mais à equipa deles, mais repartido e partido, com muito ataque e contra-ataque. Isso não ajudou a nossa equipa e permitiu-lhes criar algum perigo, em que até fizeram um golo. Na segunda parte reagimos bem, marcámos antes do tempo final, e o segundo já depois dos 90′, mas já não permitimos a capacidade deles nos criarem problemas. Temos de ter os equilíbrios certos, e a equipa melhorou muito nesses padrões a partir daí, é preciso circular a bola nos momentos certos, recuperar bem e eliminar possibilidades de contra-ataque“, referiu.

Veja também: Ronaldo pode bater com a porta ao Manchester United no final da época

Recorde-se que o República da Irlanda-Portugal disputa-se amanhã, às 19h45.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!