Nacional

Fernando Santos acusado de desviar milhões ao Fisco: A reação da FPF

Fernando Santos técnico que orienta a Seleção Nacional

Segundo adianta o semanário Expresso, Fernando Santos viu a Autoridade Tributária exigir o pagamento de 4,5 milhões de euros em IRS.

Veja também: Conceição reage a acusação do Conselho de Disciplina: “É feita por 5 pessoas ligadas ao Sporting”

Refere a mesma publicação que o selecionador nacional “recebeu através de uma empresa quase 10M€ da Federação Portuguesa de Futebol, tendo declarado e pago IRS sobre um salário anual de 70 mil euros [€5 mil por mês]“. Estes dados são referentes a 2016 e 2017.

A Federação Portuguesa de Futebol emitiu um comunicado onde nega as acusações ao selecionador nacional.

“Sem prejuízo da reserva que legitimamente pretendem preservar, impõe-se clarificar que as liquidações promovidas pela Autoridade Tributária foram integral e prontamente pagas, incluindo os pertinentes juros compensatórios, pelo que o Eng. Fernando Santos não só não deve um único cêntimo à Autoridade Tributária como nunca deixou de ter a sua situação fiscal regularizada nos termos da lei.

Em circunstância alguma a Federação Portuguesa de Futebol ou o Eng. Fernando Santos sonegaram ou iludiram informação relativa à sua relação contratual perante a Autoridade Tributária ou qualquer outra autoridade, tendo sempre declarado integral e pontualmente todos os pagamentos/rendimentos decorrentes dessa relação”, pode ler-se.

Veja também: Benfica B vence FC Porto B na II Liga após reviravolta com dois golos de rajada (VÍDEO)

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!