Nacional

FC Porto fala em expulsões perdoadas ao Benfica no clássico

Rafa e Uribe numa disputa de bola no FC Porto-Benfica

O FC Porto recorreu à sua newsletter Dragões Diário, onde reagiu às incidências do clássico de ontem com o Benfica (1-1).

Veja também: Conceição dispara contra Jesus em conferência após discussão (VÍDEO)

Os azuis e brancos não gostaram do desempenho da equipa de arbitragem liderada por Luís Godinho.

“O FC Porto perdeu ontem [sexta-feira] dois pontos frente ao Benfica, num jogo em que esteve os últimos 25 minutos em inferioridade numérica e em que mesmo assim foi a equipa que conseguiu causar mais perigo nesse período. Taremi ficou associado a dois dos momentos mais significativos do encontro: aos 22 minutos, marcou o golo dos campeões nacionais; aos 73, foi penalizado com um vermelho direto”, pode ler-se.

Veja também: Ronaldo defendeu jovem gozado por falar português e agora tem sucesso (VÍDEO)

Para o FC Porto, Pizzi e Nuno Tavares já deveriam ter sido expulsos.

“O jogo foi ‘difícil’ para o FC Porto, o Benfica e os árbitros, comentou no final Sérgio Conceição, e a verdade é que o desfecho foi muito condicionado pelo desacerto disciplinar da equipa de arbitragem. Quando o FC Porto ficou a jogar com dez, o Benfica já deveria estar só com nove em campo: Pizzi e Nuno Tavares conseguiram escapar a vários cartões amarelos que lhes valeriam expulsão por acumulação, mas só viram um cada um“, concluem.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!