Nacional

FC Porto fala em 3 penaltis e dúvidas no golo anulado a Toni Martínez

Golo anulado de Toni Martínez no Moreirense-FC Porto

O FC Porto voltou à carga nas críticas à arbitragem de Hugo Miguel na partida da 29ª jornada com o Moreirense (1-1).

Veja também: Os insultos de Conceição a Hugo Miguel com Benfica metido ao barulho

Os dragões defendem que ficaram três grandes penalidades por marcar a seu favor.

Por mais que a tentem abafar, a arbitragem da dupla Hugo Miguel/António Nobre na vila dos Cónegos fica para a história. Em mais uma noite negra para o que resta da credibilidade do futebol português, o FC Porto foi gravemente prejudicado e viu três grandes penalidades serem-lhe sonegadas: uma sobre Pepe ainda na primeira parte, outra – de bradar aos céus – sobre Francisco Conceição já na segunda e, por fim, uma sobre Luis Díaz, imediatamente arrastada para fora da área e transformada em pontapé de livre“, pode ler-se, na newsletter Dragões Diário.

Veja também: Pinto da Costa ligou à TVI para falar sobre a agressão a repórter

O FC Porto também levanta muitas dúvidas quanto ao golo anulado a Toni Martínez por fora de jogo.

Além disso, aquele que seria o golo da vitória dos Dragões foi invalidado por suposta posição irregular de Toni Martínez. O adiantamento de 10 centímetros do espanhol foi calculado com base em imagens impercetíveis, captadas por câmaras posicionadas em ângulos que não permitem esclarecer coisa nenhuma num estádio onde não estão reunidas as condições mínimas para tomar decisões tão rigorosas e cruciais no desfecho de um campeonato“, acrescentam.

Veja também: Conselho de Disciplina distribuí castigos no Sporting após jogo em Braga

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!