Internacional

“Enfrentar Diogo Jota deve ser um pesadelo”, dizem os ingleses

Diogo Jota festeja golo s da vitória do Liverpool sobre o West Ham

Diogo Jota continua a merecer os mais rasgados elogios da imprensa inglesa, depois de ontem ter feito história na vitória do Liverpool sobre o Leicester City de Ricardo Pereira.

Jota tem características que fazem lembrar as qualidades de alguns companheiros, como a velocidade de Salah, a manha de Mané e a capacidade de trabalho de Firmino“, refere o mesmo jornal.

Veja também: A cueca brutal de João Félix a Dembelé no Atl. Madrid-Barcelona (VÍDEO)

A Sky Sports não tem dúvidas em apontar Jota como o homem da partida.

Muito se falou antes do jogo sobre se o Liverpool ia sentir a falta de Salah, mas o Jota fez com que não se voltasse a falar do assunto“, refere a estação televisiva.

O site diz que foi “mais uma exibição impressionante do jogador de 23 anos desde que se mudou no verão do Wolves.”

A BBC também elegeu Jota como o melhor em campo, dando o mérito a Klopp pela sua contratação.

Klopp juntou mais uma ameaça potente ao ataque de classe mundial composto por Firmino, Mané e Salah. O avançado português instalou-se perfeitamente em Anfield, fazendo história com o seu golo“.

Veja também: Jorge Mendes revela os planos de Ronaldo para o futuro na Juventus

Os comentadores da BBC Danny Murphy e Micah Richards ficaram rendidos a Jota.

“Isso é que é uma entrada em grande. O Jota está em todo o lado. Começou na direita, onde o Salah costuma jogar e fez diagonais para o centro porque queria marcar e ter impacto no jogo. Ele consegue dinamizar o jogo e ligar a equipa. O que gosto nele é o facto de fazer várias corridas com a bola no pé, que é aquilo que todos os bons jogadores fazem. E, claro, gosto da coragem que ele tem em procurar espaços, esperar, e a velocidade que ele tem», disse Danny Murphy, ex-jogador do Liverpool.

«É uma opção brilhante, uma fonte de golos para o Liverpool e merece total mérito pela forma como se adaptou. Para qualquer defesa, enfrentar Jota deve ser um pesadelo», acrescentou.

Veja também: “Félix tinha magia nas botas”, dizem espanhóis sobre o Atl. Madrid-Barça

«Pode ser um pesadelo porque nunca sabes para onde é que ele vai. Ele anda da esquerda para o centro, do centro para a direita…», apontou Micah Richards.

«Ter alguém como Salah de fora e fazer uma prestação a este nível, é incrível. A forma dele está a subir de forma impressionante», disse ainda o antigo jogador do Manchester City.

«A mentalidade de chegar àquela equipa do Liverpool e dizer: ‘Passem-me a bola que eu faço a diferença’. Ele é um jogador que faz a diferença, que muda os jogos», acrescentou ainda Danny Murphy.

Veja também: Ronaldo atinge recorde histórico com o bis no Juventus-Cagliari

Deixe uma resposta