Nacional

“Emails? Claramente abanou o Benfica. O objetivo era acabar com a hegemonia”

Fernando Mendes no espaço de comentário desportivo da CMTV

A constituição de Francisco J. Marques, Diogo Faria e Júlio Magalhães como arguidos no caso dos emails do Benfica, mereceu a análise de Fernando Mendes.

Veja também: Cláusula de Otávio causa apreensão após proposta inglesa junto do FC Porto

O comentador afeto ao Sporting considera que “o principal objetivo era o FC Porto abanar o Benfica e acabar com a hegemonia” e que “isso foi claramente conseguido e vê-se”. No entender de Fernando Mendes, devido à divulgação dos emails, os árbitros tivessem cuidados redobrados “na maioria dos jogos do Benfica”.

Sabe-se claramente o que eram os padres, as missas”, atirou.

Neste sentido, e apesar de reconhecer a importância da divulgação dos emails, o comentador leonino apoia a decisão de Carlos Alexandre de levar os três arguidos a julgamento.

Carlos Alexandre? Se calhar ouviu, disseram-lhe. Não. Vão ser julgados. Acho eu que um juiz destes não indicia estas pessoas sem mais nem menos, se não houver ali algo. Tem que haver ali algo que sustente para isto e tem que ter substância“, referiu.

Veja também: Sofia Oliveira pegada com adepto do Benfica por causa de contratação de Enzo Fernández

Fernando Mendes não tem dúvidas de que muito do conteúdo dos emails são verdadeiros e que a sua divulgação acabou por prejudicar o Benfica.

Claramente que abanou o Benfica. Atrás daqueles emails há coisas que são verdade e não há a mínima dúvida. Vamos ver o que isto dá no futuro. Estas três pessoas irem a julgamentos é uma pequena vitória do Benfica“, concluiu.

Veja também: Irmão de Mustafá, líder da Juve Leo, na prisão após megaoperação – ÚLTIMA HORA

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!