bbb
Internacional

“Contratação de Ronaldo foi vaidade do Manchester United”

O desalento de Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo continua a ser o principal alvo dos críticos ingleses para explicar a época paupérrima que o Manchester United tem vindo a protagonizar até ao momento.

Veja também: Proposta inglesa milionária para levar Darwin Nuñez do Benfica já em janeiro

Desta vez foi Perry Grove a tecer considerações sobre o astro português, referindo que se fosse treinador dos red devils já teria deixado cair CR7.

Certificava-me de que Cristiano Ronaldo não estava lá. Iria despachá-lo, porque ele vai ser maior do que qualquer treinador que chegue. Digamos que Pochettino chega. Ele vai ser maior do que ele, e não podes ter um jogador que é maior do que um treinador“, afirmou em declarações à rádio britânica talkSPORT.

Ronaldo vai continuar a marcar golos, mas, se queres progredir e aplicar um estilo de jogo moderno, pressionante, de alta energia, isso não se aplica a Ronaldo“, acrescentou.

Veja também: A mensagem arrasadora de Amorim ao plantel após o Santa Clara-Sporting

O ex-jogador do Arsenal, clube que representou entre 1986 e 1993, considera que as contratações de Ronaldo e Jadon Sancho foram pura e simples vaidade por parte do Manchester United.

“Pensaram ‘Somos o United e podemos contratar os melhores jogadores’. Eles não precisavam de Jadon Sancho. Eles não precisavam de Ronaldo, foi apenas uma contratação de vaidade. Eles têm todas as peças do puzzle, mas nenhuma delas encaixa”, concluiu.

Veja também: Vizela-FC Porto em risco devido a dezenas de casos de Covid-19

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!