Nacional

Conceição tenta tática de Palhinha para estar no clássico com o Benfica

Sérgio Conceição em conferência de imprensa com os jornalistas

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) castigou Sérgio Conceição com 21 dias de suspensão, pelo que falhará o clássico da próxima jornada diante do Benfica.

Veja também: Peixeirada em direto entre Octávio Machado e Fernando Mendes (VÍDEO)

Contudo o técnico do FC Porto recusa deitar a toalha ao chão, tendo já dado entrada no Tribunal Administrativo do Desporto (TAD) um recurso e uma providência cautelar por forma a pelo menos congelar a sanção.

O recurso seguiu para o TAD no mesmo dia em que o FC Porto recebeu uma notificação a dar conta do indeferimento do recurso apresentado em primeira instância, o pleno do CD.

Veja também: Octávio Lopes critica FC Porto e revela perseguição com caçadeira (Vídeo)

O processo segue agora com a constituição do colégio arbitral do TAD, que tomará uma decisão quanto ao recurso e à providência cautelar. Depois Sérgio Conceição e a FPF indicarão um juiz e chegar a acordo sobre um terceiro juiz, num prazo de sete dias, conforme definido nos regulamentos.

Caso o acordo não seja alcançado neste período, o TAD enviará um despacho para o Tribunal Central Administrativo do SUL (TCAS) para que este se pronuncie sobre a providência cautelar.

Veja também: PSG avança por Ronaldo e a Juventus já informou o preço

Assim a decisão a decisão é da exclusiva responsabilidade do TCAS. Conceição pretende então a anulação do castigo em primeiro lugar e a presença no jogo com o Benfica.

Um processo em tudo semelhante ao de João Palhinha, que foi a jogo no Sporting-Benfica, depois de ter visto o 5º amarelo no jogo com o Boavista.

Veja também: Alarme no Benfica: Darwin Nuñez pode não jogar mais esta época

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!