Nacional

Conceição e Nuno Santos no Sporting: “Há males que vêm por bem”

Sérgio Conceição concedeu uma entrevista ao diário desportivo O Jogo, onde abordou um episódio que marcou o arranque da passada temporada: a discussão com Danilo Pereira.

O episódio fez correr muita tinta. Contudo o treinador do FC Porto garante que o tema foi exageradamente mediatizado e confessa a sua admiração pelo seu capitão.

Deu-se demasiada importância a um pseudo-episódio. Episódios menos confortáveis para treinadores e jogadores existem sempre. Temos de olhar para o Danilo é pela forma como acabou o campeonato. Chega ao intervalo e era o jogador mais importante da equipa, não estando a jogar. O Danilo é um grandíssimo jogador e um homem de princípios, que admiro. Foi mais o que quiseram criar a partir de um possível problema do que o que valorizámos aqui dentro”, afirmou.

Conceição falou também das carências da sua equipa, confessando que “falta alguma criatividade, alguém que possa jogar a extremo e por dentro“.

O mercado do FC Porto e a contratação falhada de Nuno Santos

O técnico portista confessa que a estratégia do FC Porto passou pela aposta no mercado interno. Carraça foi um dos nomes que levantou algumas desconfianças entre os adeptos portistas. No entanto Conceição fez questão de justificar a aposta no ex-Boavista.

“Em Portugal, cada vez mais se olha para o mercado interno. O Sporting foi buscar o Pedro Gonçalves, o Taremi jogava no Rio Ave, o Zaidu no Santa Clara. Olhámos para a nossa realidade e não é fácil. O Carraça tem 27 anos, sai livre do Boavista. Em termos de custos, não tem nenhuns, é interessante. É um jogador que conhece a Liga, que percebe a exigência do FC Porto, está numa boa idade a nível de experiência. E foi com esse intuito que o FC Porto pensou no Carraça”, referiu.

Por último Conceição abordou a contratação falhada de Nuno Santos, que acabou por rumar ao Sporting. O treinador não esconde que houve interesse. No entanto deixou um curioso reparo.

“Muitas vezes, ficamos muito tristes no momento em que perdemos um jogador, mas estou a lembrar-me do Bruma, que falhou no ano passado. Em vez dele, veio o Luis Díaz, que foi a surpresa do campeonato, para mim. Há males que vêm por bem. Isto não tem nada a ver com a qualidade do Nuno Santos, que é apreciada por muita gente e por mim também”, concluiu.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!