Nacional

Brasileiro do FC Porto quer jogar pela Seleção Nacional

Jogadores do FC Porto celebram triunfo em Leverkusen na Liga dos Campeões

Wenderson Galeno está a atravessar o melhor momento desde que regressou ao FC Porto em janeiro de 2021. O avançado é titular e cada vez mais imprescindível no esquema de Sérgio Conceição e já aponta a outro patamar: a Seleção Nacional.

Veja também: A polémica publicação que envolveu Francisco Conceição (FOTO)

Galeno nasceu no Brasil mas já se naturalizou português e agora mostra-se disponível para representar a equipa das quinas.

Todo o jogador sonha em jogar na seleção! Hoje tenho cidadania portuguesa e jogaria por Portugal com o maior orgulho. Se tivesse essa chance, daria o meu melhor para representar bem toda a nação de Portugal. A minha carreira como atleta profissional é vista através dos clubes daqui. No meu caso específico, orgulho-me muito e sinto grande vontade de fazer sucesso por aqui. Se for pela seleção de Portugal, ficarei muito feliz”, afirmou ao jornal O Globo.

Ainda assim, o jogador portista não descarta representar o Brasil.

A seleção é o sonho de todo o atleta brasileiro, mas neste momento estou focado nas competições do FC Porto. Fazer parte da equipa brasileira, ou mesmo da portuguesa, será consequência do meu trabalho. Preciso continuar neste nível e serei lembrado“, referiu.

Veja também: Agente de Ronaldo reunido com colosso europeu para fechar transferência

Contudo Galeno reconhece que a sua carreira não tem tanta visibilidade no Brasil.

A minha carreira como atleta profissional foi sempre na Europa, e por esse motivo não sou tão conhecido no Brasil. Tive uma pequena passagem por uma equipa no Brasil, por isso é normal que as pessoas não tenham esse reconhecimento. Esse golo [na Champions, frente ao Bayer Leverkusen] é um marco na história, e isso só pode deixar-me muito feliz“, disse, ele que marcou o golo 1000 de um brasileiro na Liga dos Campeões.

O extremo aproveitou ainda para expressar a sua gratidão ao FC Porto.

O FC Porto abriu-me as portas na Europa e o maior sentimento que tenho é de gratidão. Sou muito grato por isso. Vou dar o meu melhor sempre por eles com o objetivo de fazer história no clube. Há uma tradição de brasileiros no clube, ele nos abraça e nos faz sentir em casa. Hoje, faço parte da equipa do FC Porto e a minha cabeça, o meu foco, estão 100% neste clube que me acolheu. O resto, o futuro, está nas mãos de Deus”, concluiu.

Veja também: O ‘ralhete’ de Bruno Fernandes a João Mário sobre o polémico cumprimento a Ronaldo

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!