Nacional

Bicada do FC Porto ao Benfica: “Dragão não é salão de festas alheias”

Julian Weigl e Sérgio Oliveira no FC Porto-Benfica

Esta é semana de clássico e o FC Porto fez questão de recordar um jogo antigo com o Benfica. Os azuis e brancos recuaram a 2010, altura em que venceram os encarnados por 3-1, impedindo os encarnados de festejarem a conquista do título.

Veja também: Marega vai mesmo deixar o FC Porto pelo contrato da sua vida: 20M€

Há onze anos mostrámos de que fibra somos feitos. Neste dia, em 2010, o FC Porto recebia o Benfica, a quem um empate chegava para selar o título na Invicta depois de quatro anos de hegemonia azul e branca. Em boa verdade, o título tinha começado a ser construído na primeira volta, em pleno túnel da Luz“, pode ler-se na newsletter Dragões Diário.

Veja também: PSG avança por Ronaldo e a Juventus já informou o preço

Sem Falcao, alvo de um quinto amarelo cirúrgico na jornada anterior, os tetracampeões foram para as cabines em vantagem graças a uma cabeçada afirmativa de Bruno Alves. No arranque da segunda parte Fucile foi expulso e logo a seguir os encarnados fizeram o 1-1. Mas a igualdade com que os benfiquistas rejubilavam durou pouco, já que três minutos depois Farías empatou. A oito dos noventa, e após de ter assistido para os dois primeiros golos, Belluschi abriu o livro. O argentino partiu da esquerda, fez uma “cueca” a Aimar, deixou Quim impotente e demonstrou que o Estádio do Dragão não é um salão de festas alheias“, conclui-se.

Veja também: Ingleses e a fraqueza que Bruno Fernandes levou do Sporting para o United

Recorde a partida no vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!