bbb
Nacional

Benfica quer cortar nos salários milionários dos jogadores: Eis as primeiras vítimas

Jogadores do Benfica festejam golo de Darwin na vitória sobre o Barcelona

Segundo adianta o diário desportivo Record, o Benfica pretende reduzir a massa salarial em 10 milhões de euros para a próxima época e já tem um plano definido para concretizar esse objetivo.

Veja também: Pedro Barbosa bate com a porta à CNN por causa de Rui Santos

A estratégia passa pela dispensa de jogadores com estatuto, bem pagos mas que estão longe de serem primeiras escolhas.

De acordo com a mesma publicação, as primeiras vítimas são Haris Seferovic e Adel Taarabt.

O avançado suíço tem contrato válido até 2024, mas está na 3ª posição na hierarquia dos avançados mais utilizados, atrás de Darwin Nuñez e Roman Yaremchuk.

Veja também: Esteve com um pé fora do Benfica mas decidiu ficar ao ver Jesus sair

Já o vínculo do médio marroquino é válido até 2023 e até foi aposta em 25 jogos. No entanto foi titular em apenas seis deles. Até ao momento não marcou qualquer golo pelas águias.

Refere o Record que os dois jogadores só deverão abandonar a Luz no verão, embora a saída neste mercado de janeiro não esteja totalmente descartada. Dependerá do aparecimento de uma proposta suficientemente apelativa.

Na próxima temporada não se verá um ataque forte ao mercado como se viu nas últimas épocas, mas sim contratações mais criteriosas para evitar os erros de casting desta temporada. Para Rui Costa, a prioridade é poupar.

Veja também: O acordo que levou o Fisco a suspeitar que o Braga facilitou vitória ao Benfica

De resto, a redução da massa salarial é para o presidente do Benfica não só uma preocupação a nível financeiro, como também a nível desportivo, uma vez que pretende dar espaço a jovens valores da formação.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!