Nacional

Benfica de equipas que nunca enfrentou na sua história no caminho para a Champions

Jogadores do Benfica celebram golo diante do FC Porto

O Benfica vai defrontar na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões um adversário contra o qual nunca jogou, a sair do vencedor do embate entre os dinamarqueses do Midjylland e dos cipriotas do AEK Larnaca.

Veja também: Benfica volta a emprestar defesa que desiludiu e que tem uma cláusula de rescisão de 100M€

O sorteio desta segunda-feira deixou em aberto o primeiro adversário no caminho dos encarnados, obrigados a passarem a terceira ronda preliminar e, caso se apurem, o playoff para se juntarem a FC Porto e Sporting na fase de grupos.

Tal como na última época, em que eliminou o Spartak Moscovo e o PSV Eindhoven, o terceiro lugar na Liga Bwin de 2021/22 obriga o Benfica a passar estas duas eliminatórias para estar na competição ‘milionária’.

Na terceira pré-eliminatória desta época (2022/23), o Benfica apenas saberá qual o adversário ‘definitivo’, depois de AEK Larnaca e Mydjylland disputarão a segunda mão da segunda pré-eliminatória, a 26 de julho.

O Midjylland, que foi segundo na Liga dinamarquesa, começa por receber o AEK Larnaca, também segundo no Chipre, já na terça-feira, às 18H45 (horas de Lisboa) enquanto a segunda mão está agendada para 26 de julho, às 16H30, em Larnaca.

Veja também: Rodrigo Conceição deixa mensagem ao irmão Francisco perante a iminente saída do FC Porto

O primeiro encontro entre a equipa portuguesa e o vencedor desta segunda pré-eliminatória disputa-se em 2 ou 3 de agosto, no Estádio da Luz, em Lisboa, e o segundo em 9 de agosto, na Dinamarca ou no Chipre.

E em caso de sucesso, a equipa poderá defrontar já no playoff (16 e 17 e 23 e 24 de agosto), com sorteio em 2 de agosto, Monaco (França), PSV Eindhoven (Países Baixos), Dinamo de Kiev (Ucrânia), Sturm Graz (Áustria) ou o Fenerbahçe (Turquia), orientado por Jorge Jesus.

São dois os treinadores portugueses que estão ainda na segunda pré-eliminatória, com Jorge Jesus a juntar-se a Pedro Martins, do Olympiacos, na ‘corrida’ a um lugar na elite da Champions, mas com as duas equipas ainda numa fase mais ‘recuada’.

O Fenerbahçe, que contratou Jesus – treinador que estava sem clube desde que saiu do Benfica em dezembro -, ainda tem de ultrapassar o Dínamo Kiev para defrontar o Sturm Graz na terceira ronda preliminar, enquanto o Olympiacos tem de eliminar os israelitas do Maccabi Haifa, ambos com jogos em 20 e 27 de julho.

Veja também: Roger Schmidt já escolheu os 10 jogadores do Benfica que vai dispensar após o estágio no Algarve

Caso se apure, a equipa grega encontrará na terceira pré-eliminatórias os campeões cipriotas do Apollon Limassol.

No sorteio de hoje, dedicado à terceira pré-eliminatória, o emparelhamento tem esta condicionante de ter de esperar pelos vencedores da ronda anterior, com exceção para a definição já de dois jogos, que opõem os franceses do Mónaco, de Gelson Martins, aos neerlandeses do PSV Eindhoven, e os belgas do Saint-Gilloise aos escoceses do Rangers.

Fonte: LUSA

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!