Nacional

Amorim arrasa arbitragem e deixa resposta a farpa de Conceição

Rúben Amorim, treinador do Sporting em conferência de imprensa

Na conferência de imprensa posterior ao Sporting-FC Porto (2-2), Rúben Amorim abordou a sua expulsão, aquando da reversão do penalti cometido por Zaidu.

Passa pela dualidade dos critérios. Faço mea culpa, pois não devia ter dito o que disse. Mas oiço aquilo todas as semanas e momentos antes ouviu-se pior do outro lado. Mas os treinadores não podem dizer estas coisas. Aceito qualquer punição e castigo, já estou habituado… O que me revoltou foi a dualidade. Mas estamos sempre a aprender e crescer”, afirmou.

Veja também: Varandas: “Este penalti nunca seria revertido no Dragão ou na Luz”

Amorim não tem dúvidas de que a arbitragem teve influência no resultado e até recordou outros momentos em que o Sporting foi prejudicado.

Claro que teve influência. Temos tido azar no VAR. Já no ano passado em Moreira de Cónegos… Não gosto de falar, um lance aos 90 e tal, o Seba é agarrado e não há nada. Desta vez um jogador que está no ar, tem o braço nas costas e vamos na intensidade? Para mim é penálti. Fiquei revoltado no momento, pois teve influência no jogo. Não teve influência no decorrer do jogo, porque o jogo foi sempre nosso, estivessem eles com onze ou com dez. De qualquer das formas, os jogadores estão de parabéns”, referiu.

Veja também: Georgina revela detalhes da intimidade com Ronaldo: “É uma bomba”

Por último o técnico do Sporting reagiu às palavras de Sérgio Conceição, que referiu que os leões saiu satisfeito com o empate, ao contrário do FC Porto.

“O míster Conceição entendeu dessa maneira. É melhor para todos olhar para o jogo e ver o que o Sporting fez na segunda parte e o que o FC Porto não conseguiu fazer. Temos de olhar para o jogo e não olhar para o que se diz à volta, porque aí é que está realmente a resposta. Penso que a grande diferença é que eu estou muito orgulhosos dos meus jogadores. Parece que o outro treinador não está com os dele… Mas parabéns. Perdemos 2 pontos. Senti o grupo desiludido e é um bom sinal”, concluiu.

Deixe uma resposta