Nacional

Amigo de Jesus conta como técnico do Benfica está a sofrer com a Covid

Jorge Jesus, treinador do Benfica

Júlio António, um dos amigos mais próximos de Jorge Jesus, fez revelações sobre o estado de saúde do treinador do Benfica, que foi diagnosticado com Covid-19.

[Jorge Jesus] começou a ter sintomas febris e muitas dores no corpo e depois foi para o hospital, onde foi feita uma bateria de exames e ao fim da noite, enfim, foi conhecido o resultado desses testes, onde ele também deu positivo ao coronavírus. Está em casa, está a combater este vírus e está abatido, com febre e muitas dores no corpo“, afirmou em declarações à Antena 1 e à Rádio Renascença.

Veja também: Sergio Ramos deve deixar o Real Madrid, 15 anos depois

O antigo dirigente do Estrela da Amadora não tem dúvidas de que o surto de Covid-19 que assola o Benfica acabou por afetar o técnico de 66 anos.

Tudo isto o afetou. Desde há uns dois meses para cá, semanalmente, ficavam dois, três, quatro jogadores infetados, dois, três elementos da sua equipa técnica afetados. Nos últimos dez, doze dias ele esteve sozinho. Não teve nenhum elemento da equipa técnica com ele e depois ver os seus jogadores em casa, com o Covid-19, cada um com os seus sintomas, não há quem resista a isto”, referiu.

Veja também: Bruno Fernandes elogiado por adeptos após gesto na derrota do Manchester United (VÍDEO)

Júlio António também se referiu ao clássico de 2ª feira com o Sporting, considerando que o Benfica sentirá a ausência de Jesus.

“É um dérbi em que ele gostaria de estar presente. Obviamente que o Benfica será prejudicado pela não presença de Jorge Jesus e na liderança da equipa no terreno de jogo. Tenho a certeza que os jogadores e a restante equipa técnica vão querer dar o máximo”, considerou.

No entanto, apesar de se encontrar isolado, Jesus continua a acompanhar a equipa à distância.

Fisicamente não está [presente], mas está através dos meios de comunicação que existem e onde diariamente está com a sua equipa técnica, com os seus assistentes e colaboradores mais diretos. E obviamente que também com ele irão preparar os próximos jogos, onde o treinador Jorge Jesus estará obviamente ausente. Os próximos jogos [do Benfica] frente ao Sporting, em Alvalade, e depois com o Vitória de Guimarães, no estádio da Luz, penso que Jorge Jesus ainda não poderá estar presente face aos condicionalismos e tudo aquilo que nós conhecemos dos procedimentos de combate à pandemia do coronavírus”, disse.

Veja também: Depois de várias negas de Ilori, Sporting resolve situação do central

Por último Júlio António considera que a recuperação da saúde de Jesus é a principal prioridade, apesar de este afastamento lhe custar a suportar.

“Ele encontra-se com vontade de ultrapassar esta fase menos boa, com alguns sentimentos que este vírus e a infeção provocam. Não poder estar no campo, no relvado, no dia-a-dia com os seus jogadores, com a sua equipa técnica e com toda a estrutura que envolve o futebol profissional do Benfica, para Jorge Jesus é uma grande contrariedade. Mas primeiro está a saúde, está o Homem, e há que preservar esse bem que é a saúde”, concluiu.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!