Nacional

A promessa de Taremi em lágrimas a Conceição após jogo da Champions

Sérgio Conceição abraçado a Mehdi Taremi em lágrimas após o apuramento do FC Porto aos 'quartos' da Champions

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o P. Ferreira, Sérgio Conceição garantiu que a passagem do FC Porto aos quartos de final da Liga dos Campeões em nada interferiu na preparação para esta partida do campeonato.

“Foi com as mesmas preocupações habituais em relação à carga que os jogadores têm depois de um jogo com prolongamento, viagem… Maior preocupação nesse sentido, para que os jogadores em termos físicos estejam bem e quem jogar tem de estar apto para fazer um jogo bom a todos os níveis. Essa foi uma das situações com que nos preocupámos, que é a base para perceber que jogadores podem jogar, olhando para o próximo adversário, que é o Paços. Já os defrontámos e percebemos que o que têm feito em todo o campeonato. Já disse mais do que uma vez e volto a repetir: não precisamos de determinados jogos para dar ou tirar moral. A moral tem de ser sempre a mesma, a ambição e motivação têm de ser sempre as melhores, umas vezes com um sorriso mais rasgado, outras menos. Foi uma semana normal, dentro do que é normal, com uma grande carga de jogos, mas estamos aqui para arranjar soluções“, afirmou.

Veja também: Ronaldo quebra o silêncio e reage com classe às críticas da Champions

O técnico azul e branco garantiu que o estado de espírito é o mesmo, apesar da felicidade natural decorrente deste feito.

“Ainda fico pior, no sentido de perceber que nós não estávamos assim tão mal depois do jogo com o Braga, nem estamos numa forma fantástica e está tudo bem agora. Continuamos a cometer erros e estamos a falar de comportamentos individuais, o coletivo ressente-se com isso. Temos responsabilidade de continuar a acreditar que é possível ganharmos os nossos jogos e fazermos as contas no fim. O sentido de responsabilidade continua no máximo. Nestes momentos de maior euforia é quando mais me preocupo. Os jogadores são influenciados por esse ambiente, por vezes. É natural, eu compreendo. Eu, sendo mais experiente e como líder da equipa, tenho de frisar esse trabalho, o grupo tem de estar consciente de que temos um jogo extremamente difícil amanhã. Por vezes chegamos a um patamar elevado e não é nada disso. É quando estamos mais distraídos, em que não nos preocupamos com o pormenor. Depois, quando damos por ela, temos alguns dissabores que não queremos ter”, referiu.

Veja também: Zidane reage a possível regresso de Ronaldo ao Real Madrid

Ainda sobre a Champions Conceição comentou o momento em que Mehdi Taremi ficou lavado em lágrimas após o apuramento histórico dos dragões.

“O que disse? São conversas muito nossas. Não ficava bem revelar o que disse. Está a falar pela emoção do Taremi no final [do jogo com a Juventus para a Liga dos Campeões]? Ele sentiu que teve um momento menos bom, que coincidiu com um árbitro rigoroso e, por isso, disse que queria redimir-se já amanhã, a jogar com o Paços de Ferreira e fazer golo“, disse.

Veja também: Diretor d’A Bola acusado de azia após golo de Sérgio Oliveira (VÍDEO)

Por último o técnico dos dragões foi questionado sobre a sua renovação, um tema que remeteu para mais tarde.

Pelo respeito que tenho pelos adeptos e pelo clube, digo que há coisas mais importantes neste momento, nomeadamente o jogo de amanhã [frente ao Paços]. Não é um problema, eu sou exatamente o mesmo profissional que sou aqui, para mim a minha continuidade nunca foi um problema. Eu tenho uma vida estável, tranquila a todos os níveis, não dependo do futebol para nada, dependo por aquilo que é a minha paixão. É a única coisa que me move para andar aqui e muitas vezes a sofrer um bocadinho, com tanta coisa que vejo”, concluiu.

Veja também: Jesus reage com classe à campanha do FC Porto na Champions (VÍDEO)

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!