Internacional

‘A Argentina joga para Messi. Pensei que Portugal fizesse o mesmo com Ronaldo’

Cristiano Ronaldo desesperado após perder uma oportunidade no Marrocos-Portugal

Gary Neville saiu em defesa de Cristiano Ronaldo após a prestação no Mundial 2022. Na ótica do antigo companheiro do craque português, a Argentina jogou para Lionel Messi, algo que não aconteceu com Ronaldo quando jogou por Portugal.

A Argentina, como um grupo, uniu-se em torno de Messi, e jogou com as suas forças. Pensei que Fernando Santos e Portugal fariam o mesmo com [Cristiano] Ronaldo. Parece que algo aconteceu, durante a prova, que levou a que esses planos fossem alterados”, afirmou em declarações à Sky Sports.

Veja também: O aviso de Félix aos portugueses após saída de Fernando Santos

Neville pronunciou-se ainda sobre as lágrimas de Ronaldo após a eliminação de Portugal diante de Marrocos.

Quando se deixa o Ronaldo de fora, torna-se uma história global. Senti pena do Cristiano, ao descer o túnel em lágrimas. Nunca é uma boa imagem, porque sabes que ele sabe que nunca mais vai voltar a jogar esta competição. Não classificaria isto como um insucesso do Cristiano. É um sucesso fazer o que tem feito com 37 anos. Foi apenas a forma como terminou, fora da equipa, e quão desapontante e mal Portugal esteve coletivamente, no jogo contra Marrocos“, concluiu.

Veja também: Peixeirada em direto entre Pedro Guerra e Jorge Amaral: ‘Qual é o teu problema?’ (VÍDEO)

Deixe uma resposta